Programa de apoio a empreendedores da Samsung tem inscrições até o dia 20

Por Filipe Oliveira

Empreendedores tem até domingo (20) para se inscrever para a terceira edição do Programa de Promoção da Economia Criativa, promovido pela Samsung e pela Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores).

Serão selecionados 20 projetos. As empresas escolhidas podem receber investimentos de até R$ 250 mil. A Samsung não assume participação acionária nas companhias.

A diferença deste programa em relação a maioria das demais iniciativas de apoio a start-ups é que ela é feita em parceria com incubadoras (ambientes para o desenvolvimento de novas empresas em geral ligados à universidades ou centros de pesquisa) espalhadas pelo país.

Ao se inscrever, o empreendedor deve indicar uma entre as 26 incubadoras pré-selecionadas para hospedar sua start-up.

São buscadas iniciativas nas seguintes áreas: saúde digital, bem-estar, segurança, privacidade, soluções de convergência e conectividade, fintech (finanças digitais), gestão de baterias e dados, agricultura digital, inteligência artificial, educação digital, novas experiências com redes sociais, operadoras de telefonia móvel e consumidores.

Antonio Marcon, gerente de pesquisa e desenvolvimento da Samsung, diz que a empresa busca, sempre que possível, oportunidades de parcerias com as empresas selecionadas, seja atuando como cliente, seja como fornecedora.

“Praticamos a inovação aberta. Ajudamos start-ups a se desenvolver e, com isso, ganhamos acesso antecipado a novas tecnologias”, diz.

As inscrições podem ser feitas aqui.

Dez vagas foram reservadas a propostas da região da Amazônia Ocidental (Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia).

As empresas devem formalizar o projeto em Manaus para concorrer a essas oportunidades. Para se inscrever neste grupo, o link é este.

Os recursos aplicados no programa pela Samsung são oriundos da Lei da Informática, que permite renúncia fiscal para investimentos em inovação para empresas do setor que possuem indústria no Brasil.

LEIA MAIS

O Plano de negócios também está no Facebook. Conheça nossa página aqui.