Portais se especializam em divulgar vagas de emprego em start-ups; saiba onde encontrar

Por Filipe Oliveira

Em vez de empreender, você prefere trabalhar em uma start-up ou empresa de crescimento acelerado?

Novos sites especializados em conectar candidatos com vagas de empresas do tipo vem ganhando espaço no mercado.

Essas iniciativas tenta ajudar start-ups a resolver um de seus principais desafios: encontrar profissionais qualificados que topem trabalhar em uma empresa nascente, o que envolve muito trabalho.

Em troca, quem aceita o desafio pode aprender a trabalhar em diversos departamentos de uma empresa e tem chances de crecer junto com a companhia, caso os planos dela se concretizem.

A Wayra, aceleradora de empresas ligada a Telefónica, lançou em agosto um portal do tipo para divulgar vagas de empresas investidas por ela.

Interessados podem encontrar as oportunidades aqui:

O site é resultado de parceria da empresa com a Gupy, uma start-up investida por ela e que desenvolve ferramentas para contratação baseadas no uso de inteligência artificial.

 

A Wayra já investiu em 63 startups ao longo de cinco anos no Brasil.

Outro portal de vagas lançado recentemente  é da Endeavor, organização sem fins lucrativos que fomenta o empreendedorismo.

A organização apoia cerca de 180 empreendedores, responsáveis por empresas de alto crescimento. neste link, é possível encontrar aproximadamente 100 vagas abertas por elas.

O Cubo, espaço de coworking mantido pelo Itaú e pelo fundo Redpoint eVentures, também reserva uma área de seu site para que start-ups que mantêm escritórios ali encontrem profissionais.

As vagas podem ser encontradas aqui. Cerca de 50 start-ups são residentes do Cubo, que foi aberto há dois anos.

O mercado de start-ups também possui o site Recruta.me, especializado em vagas para contratações e oportunidades para free-lancers que querem trabalhar no setor.

Também existe a Gama, uma escola especializada em formar profissionais para start-ups. Você pode conhecer mais sobre ela aqui.

LEIA MAIS

Esta reportagem da Folha explica os desafios pelos quais start-ups passam para contratar.

O Plano de Negócios tem página no Facebook. Conheça ela w.