Oi anuncia espaço para empreendedores e programa de incubação de novos negócios no Rio

Por Filipe Oliveira
Fachada do Oito, espaço de empreendedorismo da Oi ( (Divulgação/Renata Mello)

A Oi irá abrir um espaço no Rio de Janeiro, em Ipanema, para reunir start-ups selecionadas pela empresa.

Chamado Oito, o local irá abrigar programa de incubação de start-ups em estágio inicial, aceleração para startups mais maduras e o Oito Labs, laboratório para desenvolvimento e teste de soluções de internet das coisas em parceria com a Nokia.

Ele deverá ser inaugurado até o final do ano.

O anúncio vem no mesmo mês em que o Bradesco anunciou que terá um espaço para empreendedores em São Paulo e o Itaú contou que irá ampliar o seu na mesma cidade.

No caso da Oi, ele será aberto em parceria com Nokia, IBM, Oracle, Amazon Web Services, CPqD, Inatel, Senai, Oi Futuro, Yunus Negócios Sociais Brasil, e Instituto Gênesis da PUC-Rio.

A área de coworking do Oito será em um andar com 78 posições de trabalho. Dessas, 68 serão reservadas para empresas incubadas, residentes e negócios sociais e mais dez posições ficarão reservadas para convidados

Segundo a empresa, o local foi planejado para gerar novos negócios, desenvolver soluções tecnológicas e digitais e estimular a troca de experiências. Estas últimas incluem programação de experimentações artísticas liderada pelo Oi Futuro.

INCUBAÇÃO

Já a partir de seu anúncio nesta quinta-feira, o Oito receberá inscrições para seu programa de incubação. As empresas selecionadas podem receber até R$ 150 mil em investimento.

As inscrições vão até o dia 15 de outubro e podem ser feitas aqui.

O programa será desenvolvido em parceria com o Instituto Gênesis, instituto de empreendedorismo da PUC-Rio, que fará a coordenação técnica do projeto com a consultoria do empreendedor Rafael Duton, sócio e fundador da aceleradora 21212.

Espaço de coworking do Oito (Divulgação/Renata Mello)

O Oito busca iniciativas nas áreas de cidades inteligentes, educação, saúde, internet das coisas, marketing digital e produtividade.

O processo seletivo contará com um período de pré-incubação de 30 dias com 18 startups selecionadas por uma banca composta por executivos da Oi e parceiros.

A seguir, as seis de melhor desempenho serão convidadas para o processo de incubação, que terá duração de 12 meses.

LEIA MAIS

Siga o blog no Facebook aqui.