Mercado Livre lança reserva de carros pela internet

Por Filipe Oliveira

O Mercado Livre lança nesta segunda-feira a opção de reservar um veículo desejado, a partir do pagamento antecipado de parte do valor.

A iniciativa faz parte de plano da empresa de lançar a venda de carros usados totalmente on-line.

Atualmente veículos, imóveis e serviços são as categorias em que não é possível fechar compras apenas pelo site. Os anúncios ficam na seção de classificados e é preciso que comprador e vendedor entrem em contato diretamente para cuidar da negociação e do pagamento.

O botão de reserva será adicionado às páginas de ofertas, junto às informações de contato do vendedor.  A nova função servirá tanto para concessionárias como também para quem usa o site eventualmente para vender.

Para garantir a preferência na compra do veículo, o comprador deve antecipar valor que varia de R$ 200 a R$ 1.000 (maior quanto mais caro o veículo escolhido).

Quando o pagamento é feito, o anúncio sai do ar e comprador e vendedor tem até 21 dias para fechar o negócio. Qualquer um deles pode desistir da negociação e cancelar a reserva, o que fará o dinheiro ser devolvido ao cliente.

Caio Ribeiro, diretor do Mercado Livre Classificados, compara a opção oferecida a prática comum em concessionárias do pagamento do sinal quando o consumidor decide comprar um carro.

Quanto mais reservas bem sucedidas um vendedor tiver, melhor será sua avaliação dentro do site.

PRIMEIRO PASSO

O lançamento é considerado o primeiro passo do Mercado Livre para colocar no ar a venda de carros usados pela internet.

Outro desafio para a venda se tornar mais digital é trazer para a internet ferramentas de certificação da qualidade dos carros, diz Ribeiro.

Também é preciso viabilizar formas alternativas de financiamento dos veículos, já que grande parte das negociações disso. Ribeiro diz que a unidade de pagamentos da empresa, o Mercado Pago, vem desenvolvendo ferramentas de empréstimo a lojistas do site e, por isso, vê a questão como menos complexa.

O Mercado Livre recebe 200 mil anúncios de veículos por mês, segundo o executivo.

LEIA MAIS

Veja mais notícias no Facebook.